Cozinhando com as crianças: benefícios e receitas simples

0 comentários

Curtir um tempo de qualidade com seu filho é a glória para muitas mães e pais. Melhor ainda quando esse tempo inclui atividades que reforçam os laços e contribuem para o desenvolvimento e aprendizado dos pequenos. Cozinhas com os filhos é uma excelente sugestão de atividade, capaz de abarcar esses dois aspectos ao mesmo tempo em que também contribui para a construção de uma nova relação com os alimentos e a criação de hábitos alimentares saudáveis. Na próxima vez que for cozinhar, chame seu filho para participar! A cozinha pode até ser um ambiente repleto de perigos para os pequenos, mas com sua orientação e cuidados é plenamente possível aproveitar ao máximo essa experiência com toda segurança.

Para te incentivar a levar seu filho para cozinha e curtirem esses momentos juntos, o Studio Pipoca te mostra os benefícios de cozinhar com as crianças e apresentamos receitas super fáceis para você e seu pequeno colocarem a mão na massa hoje mesmo!

6 motivos para cozinhar com as crianças

1. Desenvolver o senso de colaboração:

A contribuição com as tarefas relacionadas à cozinha e alimentação, de acordo com a idade, desde pequeno, contribuem para desenvolver o senso de colaboração e responsabilidade, contribuindo ainda com a sensação de segurança e promoção da autoestima.

2. Aprender o valor da organização:

Cozinhar com crianças é um processo colaborativo que exige, entre outras coisas, muita organização. Esse contato com a organização de tarefas e processos é um aprendizado valioso que muito contribui para o transcorrer da vida de seu filho.

3. Ajudar a desenvolver a paciência:

Na cozinha, cada coisa tem seu tempo. Um bolo para ficar pronto, por exemplo, precisa ficar um determinado período no forno. Essa dinâmica do cozinhar é um aprendizado de paciência para as crianças em uma fase da vida marcada pela pressa.

4. Estimular a criatividade:

Estar na cozinha e poder criar os alimentos a partir do uso de diferentes ingredientes são também um estímulo à criatividade. Tenha dias onde, ao invés de seguir uma receita pronta, você e seu filho criem pratos do zero. Use sua experiência para intervir quando houver riscos de desperdícios de alimentos. É possível, por exemplo, preparar pequenas porções de combinações inusitadas e permitir que a própria criança experimente os resultados e assim comece a entender melhor os alimentos e o paladar.

5. Criar uma nova relação com os alimentos:

Os alimentos ultraprocessados, um dos causadores da pandemia de obesidade, são muito mais atrativos que aqueles in natura para as crianças. Afinal, os industrializados costumam vir em embalagens coloridas e chamativas. Estar na cozinha permite que as crianças tenham contato com comida de verdade, estabelecendo outra relação com os ingredientes in natura, contribuindo para que elas tenham uma dieta mais saudável ao longo da vida.

6. Desenvolver autonomia:

O saber fazer é muito importante para desenvolver a independência e autonomia. A cozinha permite o contato com esses saberes e a potência de transformação que carregamos enquanto humanos.

Colocando a mão na massa – 4 receitas fáceis para preparar com seu filho

E aí? Já seu para se motivar a encarar a cozinha com seu filho? A incrível Nai Bittencourt nos “emprestou” quatro receitas que ela ama fazer com o Beni e o Caê, para te inspirar a colocar a mão na massa e cozinhar com seu filho. Lembre-se: a complexidade das receitas, assim como a participação nos processos, deve ser sempre de acordo com a idade, para que a experiência não seja frustrada.

1. Panqueca Americana

Ótima para o café da manhã ou lanche da tarde, a panqueca americana é daqueles pratos simples, rápidos e divertidos.

Ingredientes:

  • 1 ovo
  • 1/2 xícara de leite
  • 1 xícara de trigo
  • 2 colheres de chá de fermento
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de óleo
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha


Opções: Você pode trocar o óleo por manteiga derretida ou adicionar coisinhas gostosas na massa, como banana, creme de avelã, gotinha de chocolate, etc.

Preparo:

- Misture o ovo e o leite em uma vasilha e depois acrescente aos poucos o trigo enquanto mexe.

- Após incorporar o trigo, acrescente os demais ingredientes e mexa pra misturar tudo. Atenção: só pra misturar, não precisa ficar batendo um tempão.

- Aqueça uma frigideira antiaderente e unte se precisar, com quase nada de óleo.

- Coloque duas colheres de sopa de massa na frigideira e espalhe até ficar uma panqueca redondinha. Quando a massa começar a ficar com muitas bolhinhas na superfície, vire para dourar do outro lado.

- Mantenha o fogo baixo para que suas panquecas não queimem por fora e fiquem cruas por dentro.

2. Bolinho de Banana:

Seu filho não come açúcar e farinha de trigo refinados? O bolinho de banana vai fazer a alegria na sua casa! Docinho, molhadinho, super nutritivo e prático de fazer para deixar suas tardes ainda mais gostosas.

Ingredientes:

  • 3 bananas nanicas bem maduras
  • 3 ovos
  • 1 xícara de uva passa preta
  • 1/3 xícara óleo vegetal
  • 1 e ½ xícara de farinha ou farelo de aveia

Preparo:

- Bata as bananas, ovos, uvas passa e óleo, no processador ou liquidificador, até triturar bem as uvas.

- Despeje a mistura em um bowl e acrescente 1 e 1/2 xícaras de farinha ou farelo de aveia pra incorporar tudo.

- Coloque em uma forma untada e leve ao forno a 180 graus de 30 a 35 minutos.

3. Bolo de Cenoura:

O bolo de cenoura é um clássico. Quem não tem uma lembrança gostosa da infância envolvendo esse bolo? E que tal criar uma lembrança ainda mais gostosa e junto com seu filho? Confere essa receita de bolo de cenoura!

Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 2 cenouras médias
  • 1 xícara de óleo
  • 1 xícara de açúcar ⠀
  • 1 xícara de aveia em flocos
  • 1 xícara de farinha de trigo peneirada
  • 1 colher de sopa de fermento

Preparo:

- Bata os ovos, cenouras, óleo e açúcar em um liquidificador até formar uma massa homogênea e passe para um bowl.

- Acrescente a aveia, farinha de trigo e fermente, misturando bem. ⠀

- Leve ao forno 180 gruas em assadeira untada por 35 minutos.

- Para a cobertura, aposte em um ganache de chocolate meio amargo ou brigadeiro.

4. Waffle de Queijo:

O Waffle de Queijo é ótimo para aqueles cafés-da-manhã com tempo de sobra no fim de semana ou mesmo para dar uma variada no lanche da tarde.

Ingredientes:

  • 1 xícara de polvilho doce⠀
  • 1 xícara de polvilho azedo
  • 1 xícara de leite⠀
  • 1 ovo⠀
  • 3/4 xícara de queijo minas padrão ralado⠀
  • Sal a gosto

Preparo:

- Junte todos os ingredientes em um bowl e mexa até ficar homogêneo.

- Prepare a máquina de waffle com azeite de oliva e asse a massa até ficar com uma crosta crocante. Caso não tenha forma de waffle em casa, é possível fritar a massa, com o resultado final esteticamente mais próximo de uma panqueca.

E você? Tem alguma receita que faz com o seu filho na cozinha? Conta para a gente! Vamos juntos inspirando mais mães e pais a cozinharem com os pequenos. Quando a família cozinha junto, todos saem ganhando.

Até a próxima!

Deixe um comentário

Todos os comentários serão validados antes de serem publicados
Parabéns, agora você faz parte!